quarta-feira, 28 de junho de 2017

Casais Felizes...existem!!!

Apesar das dificuldades da vida a dois, o fato de formar um casal ainda hoje representa o melhor estilo de vida e a maior garantia de felicidade. Certos casais são felizes durante a época da sedução e da lua de mel, ou seja, de alguns meses a dois ou três anos; já outros sabem permanecer felizes a mais longo prazo.

Por que certos casais são bem-sucedidos em aspectos nos quais a maioria fracassa?

Psicólogos já observaram, escutaram e analisaram tais casais, descobrindo que eles manifestavam determinadas atitudes e aptidões que faziam falta aos casais infelizes. Os especialistas também já constataram que casais felizes evitam as armadilhas nas quais se veem encurralados casais que acabam se divorciando ou se resignando e se suportando durante décadas.

"Ficar apaixonado" ou "se enamorar" é relativamente fácil. Construir um casal que seja capaz de perdurar, sobreviver à diminuição da paixão, lidar com as múltiplas fontes de conflitos impossíveis de resolver e atravessar os inevitáveis momentos críticos da vida a dois exige muito mais do que sorte.

Para conseguir isso, é preciso bastante amor, boa comunicação e determinação.

O que mais lhes falta são conhecimentos sobre as diferenças existentes entre os homens e as mulheres, bem como sobre as dinâmicas conjugais inerentes à vida de um casal. Também faltam esforços para colocar estes conhecimentos em prática e substituir as estratégias destrutivas de casais infelizes pelas estratégias bem-sucedidas de casais felizes.

Começo aqui, juntamente com Yvon Dallaire, uma criativa e divertida dinâmica para os casais mudarem o foco do seu relacionamento conturbado, para totalmente estável e feliz.

Toda semana o blog apresentará um exercício para auxiliar o casal.

Vocês estão prontos para serem felizes?

Fonte: Yvon Dallaire

Postado por: Dra. Ana Cláudia Foelkel Simões
Psicóloga Clínica
(11) 97273-3448